AP2 - Bordalo II
Arte Urbana

Bordalo II – Quando o lixo se torna arte

Bordalo II é um artista urbano que cria figuras de animais a partir de lixo, criando  esculturas urbanas que são um alerta para questões de sustentabilidade.

 

Artur Bordalo, que assina como Bordalo II, nasceu em Lisboa em 1987. É neto do pintor Real Bordalo, autor de óleos e aguarelas sobre Lisboa. Frequentou o curso de pintura da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, no entanto, não concluiu a licenciatura.

big trash animals

Bordalo II é conhecido pelas coloridas esculturas de animais feitas a partir de lixo. Na génese do seu trabalho há uma preocupação ecológica. Assim, procura alertar para o consumo excessivo e para a grande quantidade de lixo que todos nós produzimos.

Por outro lado, ao representar quase sempre animais, procura igualmente alertar para questões ambientais, nomeadamente para a questão dos animais em vias de extinção. Por vezes representam também uma metáfora do Homem e dos seus defeitos.

Bordalo IILeiria

O material usado é diverso: lixo tecnológico, peças de automóveis, contentores partidos, móveis, entre outros. Recolhe-os pela cidade, em terrenos e edifícios abandonados, ou em centros de reciclagem e sucatas. Em cada obra usa muitos quilos de peças, que depois corta e algumas pinta a spray, para dar forma aos seus big trash animals. Até hoje já reutilizou várias toneladas de resíduos.

Tem obras em cerca de vinte países. EUA, Chile, Tailândia, Alemanha, Ilhas Canárias e Brasil são apenas alguns exemplos.

Em Portugal, tem vários murais-esculturas em Lisboa e noutros pontos do país. Participou igualmente em festivais de arte urbana, como por exemplo o Walk&Talk 2013, em S. Miguel, nos Açores, e o Wool, na Covilhã. Neste último deixou um Mocho, símbolo de sabedoria.

Covilhã

A sua recente exposição individual Attero (que significa desperdício em latim) em Lisboa, teve um número de visitantes que superou largamente as expectativas. O grande interesse da comunidade escolar nesta exposição realça portanto o valor pedagógico da consciência ambiental que o trabalho de Bordalo II passa.

Apesar de ter começado como artista urbano, atualmente Bordalo II assume-se como artista plástico, que transforma lixo em arte. Tem cada vez mais obras por encomenda privada ou pública.

Bordalo II CoimbraCoimbra – Exposição Incolor

  •  
  •  
  •  
error: