Incolor: exposição de Bordalo II, Forest Dump e MaisMenos em Coimbra

Está patente no Museu da Água de Coimbra a exposição Incolor, com obras de Bordalo II, Forest Dump  e MaisMenos. A entrada é gratuita.

A exposição coletiva Incolor foi inaugurada hoje, 22 de março, podendo ser visitada até 26 de maio. A entrada é livre.

A exposição é um alerta para a contaminação e poluição da água. Estão expostos trabalhos de Bordalo II [Bordalo II: quando o lixo se torna arte], conhecido por criar esculturas urbanas a partir de lixo, e de Forest Dump, com obras que reutilizam pedaços de madeira.

Bordalo II CoimbraBordalo II

Os dois artistas têm assim em comum a preocupação com questões ambientais e de sustentabilidade. Procuram igualmente alertar para a grande quantidade de lixo que produzimos e que encontramos tanto em meio urbano como na natureza, como por exemplo a grande quantidade de plásticos que se encontram no mar.

O outro artista que integra a exposição é Miguel Januário, que criou o projeto MaisMenos. A sua arte, como por exemplo o graffiti, é um meio de critica social e política.


Os artistas em entrevista na inauguração da exposição

 

No exterior do Museu da Água de Coimbra podemos ver uma tartaruga multicolorida criada por Bordalo II com pedaços de lixo. Pode-se igualmente ver um regador, criado por Forest Dump, que “rega” a hera que recobre uma das fachadas do Museu.

No interior uma ostra com pérola, mais uma peça de Bordalo II, é a porta de entrada para a sala onde estão expostas outras obras.

Bordalo II CoimbraBordalo II

Forest Dump Forest Dump Forest Dump